Dedetização – De quanto em quanto tempo deve dedetizar

Dedetização – De quanto em quanto tempo deve dedetizar

Dedetização – De quanto em quanto tempo deve dedetizar

Saber de quanto em quanto tempo você deve dedetizar sua residência é fundamental para garantir a saúde dos seus moradores e da própria casa. A presença de insetos sempre pode causar prejuízos para nosso organismo já que eles carregam microrganismo por onde passam.

Ele também pode interferir na estrutura da casa causando estragos em portas, janelas, móveis, tubulações entre outros. Por isso o ideal é que sua moradia esteja sempre protegida deles.  Geralmente as empresas especializadas em dedetização sugerem uma frequência média de três em três meses. Esse seria o tempo em que as substâncias usadas nas aplicações ficariam ativas no local.

Mas algumas variáveis podem mudar esse tempo para mais ou para menos. A primeira variação é analisar a região onde sua residência está instalada. A atividade dos insetos é intensa no local? Eles possuem acesso livre à sua casa? Os vizinhos estão sendo atingidos? Tudo isso deve ser levado em conta.

Quanto dura o efeito de cada produto usado na dedetização

Outra variação pode ser o tipo de produto usado na dedetização. Os mais comuns são o spray, o pó e a isca. Esse último é um processo moderno em que a praga ingere a isca. Vamos pegar o exemplo das baratas: elas ingerem o gel, passam mal e apresentam diarreia.

As outras baratas, que se alimentam de fezes da espécie, acabam contaminadas e repetindo todo o processo. O resultado é uma exterminação em cadeia. Por isso é preciso lembrar que os insetos não morreram todos durante a dedetização. A ideia é que ele ingira o veneno, mas esse trabalhe devagar para que a praga morra no seu ninho, contaminando assim toda a ninhada. Em geral é preciso de duas a três semanas para que todos morram.

O método mais popular é o spray. Nele o veneno é diluído em alguma substância e pulverizado nas regiões com mais insetos, como tetos, paredes e rodapés. O inseto entra em contato com o veneno e morre. A substância continua ativa durante três meses, matando qualquer inseto que passar por ali.

O pó continua sendo o tipo mais versátil de combate aos insetos, mas são usados em situações específicas. Eles são capazes de atingir locais que o gel e o spray não conseguem, como as tubulações. Em ambos os resultados pode ser vistos rapidamente, com cerca de 24 horas. E é possível encontrar insetos mortos depois de semanas da dedetização por conta do efeito residual os produtos.

Dedetização de emergência 

Vale lembrar que existem situações especiais onde a dedetização deve ser adiantada ou mesmo feito com urgência o mais breve possível. E o caso, por exemplo, quando insetos diferentes como o escorpião aparecem de repente na região. A dedetização precisa ser feita em todas as casas da região e é possível que a empresa contratada consiga detectar a origem do problema.

O mesmo ocorre quando ocorre um aumento importante de determinada praga, o que pode causar uma epidemia. Além da dedetização das casas da área, é preciso descobrir o que causou o aumento dos insetos, o que vem atraindo-os em maior quantidade.

Fora esses casos emergenciais, o melhor é conversar com a dedetizadora para saber se a frequência de 3 em 3 meses é adequada para você. E lembre-se: seja para uma dedetização preventiva, de manutenção ou emergencial, conte sempre com a Dedetizadora.